materiais de embutir

6 materiais de embutir fundamentais na instalação de uma piscina

A piscina é capaz de nos trazer tanto paz, como convívio, exercício ou descanso. O seu elemento água é essencial a uma vida saudável e plena. Mas, para que a piscina mantenha a água límpida, é necessária uma limpeza constante. Para isto, existem determinados elementos, denominados materiais de embutir, indispensáveis aquando da instalação de uma piscina, que vão garantir a correta limpeza e saúde da água da piscina.

No circuito de filtração, em termos de entradas e saídas de água, poderemos encontrar a aspiração de superfície, função assumida pelos skimmers, ou por transbordo, as tomadas de aspiração na parede, local onde normalmente são ligados os robots de aspiração, os refluidores e o ralo de fundo. No mesmo conjunto de materiais de embutir de uma piscina, encontraremos os projetores e as escadas.

  1. Refluidores (outlet nozzles)
  2. Skimmer
  3. Tomada de aspiração (inlet nozzle)
  4. Ralo de fundo
  5. Projetor
  6. Escadas

1 – Refluidores ou Outlet Nozzles

refluidores

Os refluidores são um dos elementos mais importantes do sistema de filtração da piscina. Eles permitem a introdução da água de volta à piscina, depois de ter sido limpa pelo filtro. Este material de embutir é básico numa piscina bem instalada, já que ao garantir o fluxo contínuo de água, evita também a acumulação de sujidade.

Neste sentido, é preciso entender qual o refluidor mais adequado à necessidade de cada piscina, através da definição da sua quantidade e da sua localização.

O número de refluidores dependerá da superfície do plano de água, conforme indicado no quadro em baixo. O quadro é indicativo, porque o mais importante é poder garantir um fluxo uniforme por toda a piscina.

Superfície do plano de água em m²

Material de embutir Até 30 m² 30,1 m² a 45 m² 45,1 m² a 80 m² 80,1 m² a 100 m² 100,1 m² a 140 m² 140,1 m² a 180 m²
Refluidor 2 2 3 6 8 10

 

A localização dos refluidores, deve estar definida no lado oposto ao skimmer, ou seja, em frente a ele ou eles, de forma a poder gerar uma corrente de água, de tal forma que consiga empurrar as sujidades até ao skimmer ou skimmers.

2 – Skimmer

skimmer

Um skimmer é aquela abertura retangular que se encontra normalmente nas laterais ou extremidades das piscinas. São acessórios fundamentais para a correta limpeza de uma piscina, já que será por ali que se elimina alguma sujidade da água à sua superfície. A maioria das piscinas privadas e públicas (em Portugal é obrigatório a sua instalação) possuem este equipamento essencial à higienização de uma piscina. Grande parte das impurezas – como folhas, gordura dos protetores solares – que se encontram à superfície da água, etc são retiradas pelos skimmers.

Os skimmers conseguem sugar as sujidades sem que os banhistas se apercebam. Existem, para isso, vários modelos, desde os mais largos aos mais subtis, em vários tipos de materiais (inox ou ABS). Eles são considerados elementos de embutir, logo podem ser instalados em qualquer tipologia de piscina.

Para encontrar o número de skimmer a ser instalado numa piscina, deve determinar a superfície de água:

Superfície do plano de água em m²

Material de embutir Até 30 m² 30,01 m² a 45 m² 45,01 m² a 80 m² 80,01 m² a 100 m² 100,01 m² a 140 m² 140,01 m² a 180 m²
Skimmer 1 1 2 3 6 6

Cuidados a ter com um Skimmer

Os skimmers são os responsáveis pela captura das impurezas na superfície da água, estando por isso sujeitos a obstruções de diversos tipos. É então, necessário vigiar com regularidade o cesto do skimmer, limpando-o e despejando-o. Para efetuar esta operação basta retirar a tampa do skimmer e remover o cesto para efetuar a limpeza necessária.

3 – Tomada de aspiração (inlet nozzle)

A tomada de aspiração permite a ligação de um aspirador automático ou uma mangueira para a limpeza do fundo da piscina. Este material de embutir é, normalmente, colocado a meio do comprimento da piscina.

O procedimento é muito simples. Primeiramente, deve-se desligar a bomba e fechar as válvulas do skimmer e do ralo de fundo. De seguida, abrir a válvula da aspiração e ligar a bomba novamente. Nesta fase, liga-se a mangueira à tomada de aspiração. Este processo é, normalmente aplicado quando existe muita sujidade depositada no funda da piscina ou quanto se aplica o Floculante. Este produto químico tem como função reunir todas as microparticulas, quando não são possíveis de serem eliminadas pelo skimmer.

Superfície do plano de água em m²

Material de embutir Até 30 m² 30,01 m² a 45 m² 45,01 m² a 80 m² 80,01 m² a 100 m² 100,01 m² a 140 m² 140,01 m² a 180 m²
Tomada aspiração 1 1 1 1 2 2

4 – Ralo de fundo

O ralo de fundo é um ponto de saída/escoamento da água da piscina. Por esse motivo, é sempre instalado no ponto mais fundo da piscina. Este tipo de material de embutir tem como função principal o escoamento total da água, em caso de necessidade de intervenção e aspiração. Antes do aparecimento dos robots, era o ralo de fundo quem dava uma ajuda preciosa na remoção dos detritos que se depositavam no fundo da piscina.

Na ausência do ralo de fundo, será necessário munir-se de uma bomba submersível que, como é do conhecimento geral, absorve a água até um determinado nível, sendo necessário depois recorrer a meios mais tradicionais para retirar a restante água.

Se for necessário fazer baixar um pouco o nível da água, para uma eventual intervenção nos skimmers, refluidores ou projetores, o ralo de fundo assume um papel importante e bastante mais cómodo, evitando a compra ou aluguer de uma bomba.

O ralo de fundo não é, no entanto, imprescindível para o bom funcionamento de uma piscina. Contudo, caso tenha possibilidade, solicite sempre que seja instalado um ralo de fundo na sua piscina, bem como uma tomada de aspiração. O custo não será relevante, no preço final da piscina, e poderá ser-lhe bastante útil, evitando-lhe dores de cabeça no futuro.

5 – Projetor

PROJETOr

Um projetor ilumina e embeleza uma piscina. É possível optar pelo projetor em Led, caso pretenda a economia substancial na eletricidade.

Existem diversos tipos de projetores de iluminação que salvaguardam inalteráveis os seus componentes às variações da temperatura e aos agentes químicos usados na água. Eles são disponibilizados em plástico ou inox, com luz de uma só cor ou multicor, alternadas remotamente. Com uma correta iluminação, os mergulhos noturnos tornam-se seguros e divertidos.

6 – Escadas

escada obliqua escada perpendicular

Acessório importante da sua piscina, as escadas permitem a entrada e saída de água com toda a segurança e facilidade, sendo um elemento que embeleza a sua piscina. Normalmente, estão situados nas extremidades, visto serem os locais de maior e menor profundidade. Aqueles onde, precisamente, é mais importante a presença de uma escada.

No caso das zonas de baixa profundidade, apesar de os banhistas poderem entrar e sair com facilidade da piscina, a existência de escadas assegura um acesso mais cómodo e seguro, evitando desequilíbrios ou pequenos sobressaltos.

Do lado oposto da piscina, a parte com maior profundidade requer também ela uma escada, para que o banhista possa sair da água sem esforço, numa zona de menos acessibilidade.

Há basicamente dois tipos de escadas: de orientação perpendicular ou orientação oblíqua (ler Como escolher a escada para a piscina: Perpendicular ou oblíqua?). E o número de escadas a colocar numa piscina dependerá de fatores como o tamanho da piscina, acessibilidades, orçamento, etc.

Artigos que podem interessar