espaço para instalar piscina

O espaço que tenho disponível dá para instalar uma piscina?


O espaço para a instalação de uma piscina, tem de ser bem projetado, já que deixará de servir outro propósito. A não ser que invista numa piscina amovível, a instalação de uma piscina de aço num determinado espaço, pequeno ou grande, irá enaltecer a sua propriedade e reunir num só lugar momentos de diversão e muita alegria.


Muitas famílias adiam o sonho de ter uma piscina por considerarem não terem espaço para a instalar. No entanto, há situações onde a construção de uma piscina é totalmente viável, bastando para isso que se socorra de um bom profissional, capaz de analisar e propor a melhor solução para o local que dispõe.

Sempre imaginou possuir a casa dos seus sonhos onde não faltaria uma grande piscina para desfrutar do sol e da companhia de amigos e familiares. Mas o espaço reduzido quase o faz desistir desse sonho. A verdade é que, dispor de um local pequeno, apertado ou sinuoso não significa à partida que não poderá construir uma piscina. Isto porque, a instalação de piscinas em espaços reduzidos pode ser otimizada com um design inteligente e com técnicas que permitam segurança e evitem problemas futuros, principalmente aquelas que são constituídas por painéis de aço, devido à sua grande capacidade de modelação. Vejamos algumas técnicas:

Deverá perceber quanto espaço dispõe para a construção da piscina, considerando os seguintes pontos:

  • nível/desnível do terreno
  • local para instalação da casa das máquinas
  • exposição solar
  • área de lazer a criar
  • área de jardim que pretende manter.

A – O tipo de uso define o espaço para a piscina

Se pretende construir uma piscina num espaço reduzido deverá ter em conta quais as suas expectativas relativamente ao espaço que pretende criar:

  1. Se deseja um espaço somente familiar para uso sobretudo das crianças, então o espaço disponível terá de ser suficiente para uma área de lazer que lhes permita desfrutar bem do sol.
  2. Se ambiciona um espaço para reunir os amigos, deverá ter em atenção as dimensões da piscina relativamente à zona que sobra para a área de lazer, que terá de ser maior. Como decerto vai pretender instalar uma churrasqueira e uma mesa para os convívios, será necessário perceber se dispõe desse espaço.
  3. Se deseja um espaço para a prática de desporto, então terá de ponderar se as dimensões da piscina a construir serão adequadas ao fim que pretende.

E se o meu terreno não é plano?

Outro dos pormenores poderá ser o desnível do terreno, porque nem em todas as situações o espaço disponível é plano. Nesta situação, em particular, o ideal será primeiro optar por saber qual a cota média que dispõe, para saber se existe um formato de piscina pequena que possa resultar bem nessa área.

Não deverá negligenciar depois o detalhe da instalação da casa das máquinas. Já que esta terá de ser de acessível. Se tiver de ser enterrada tenha em atenção a criação de um sistema de drenagem que evite a sua inundação em dias de muita chuva.

B – Exposição solar, a quanto obrigas

Dispor de um espaço restrito para a construção de uma piscina implica, na maioria das vezes, que esta fique situada muito próxima da casa e dos muros, que poderão ser altos. E aqui reside uma questão importante: a exposição solar.

Um plano de água que receba pouco sol, não só será frio como poderá ser desconfortável para os banhistas. Uma bomba de calor poderá ajudar a resolver o problema da água fria, mas não resolve a questão do desconforto dos banhistas, sobretudo quando saem da piscina.

Igualmente, uma área de lazer que rodeie a piscina e não receba sol ou só esteja exposta algumas horas durante o dia, vai implicar que o uso da piscina seja muito restrito.

Nestas condições, deve ponderar se pretende ter uma piscina exterior ou, pelo contrário, fechar toda a área e criar uma piscina interior com as condições de temperatura controladas.

1 – Piscina exterior – instalada na frente da casa

Considere a questão da privacidade, sobretudo se a piscina ficar instalada na frente da casa. Aqui a solução poderá passar por se instalar uma sebe, elevar o muro ou instalar painéis que não sejam inestéticos para a zona que se pretende criar, mantendo a harmonia desejada.

2 – Piscina exterior – instalada nas traseiras da casa

Se a piscina for instalada nas traseiras, a proximidade à casa pode funcionar como biombo protetor dos olhares indiscretos. Pode também servir como um excelente abrigo dos ventos, bem como a sua proximidade permite ter sempre tudo à mão (bebidas, toalhas, um livro, etc).

Tenho árvores no meu terreno, o que fazer?

Se existem árvores, sobretudo de porte médio/grande junto da piscina que vai ser instalada, deverá considerar que o crescimento das raízes pode afetar a estrutura da piscina.

C – Procurar inspiração

1 – Tenho um terreno grande

Os proprietários desta piscina disponham de um área generosa para a instalação de uma piscina. Por isso, decidiram-se por uma piscina de grandes dimensões, com duas escadas de acesso: uma tradicional e outra numa das pontas da piscina.

O pavimento colocado na borda da piscina foi apenas o necessário para criar uma zona de transição entre o jardim e a água, para evitar que os banhistas transportem para ali detritos trazidos do relvado. Igualmente, ao adequarem a área da piscina ao espaço, os proprietários não abdicaram de uma área de lazer, com espreguiçadeiras e bastante relva para descansar. Também as crianças podem realizar as suas brincadeiras sem constrangimentos de espaço e os banhistas desfrutam por longas horas dos prazeres e do calor do sol.

Por fim, a localização da casa das máquinas não foi negligenciada, mas sim enquadrada na linha da piscina, o que facilitou a criação de um conjunto harmonioso e distinto do restante espaço. O equilíbrio entre as várias áreas foi perfeitamente conseguido, resultando num espaço convidativo e funcional para os proprietários, família e amigos.

2 – Tenho um espaço reduzido

Esta piscina quase encostada a um das laterais da casa, revestida de um esplêndido liner azul faz as delícias dos proprietários que não abdicaram da concretização dos seus sonhos. O pavimento em toda a zona, completa de forma funcional todo o ambiente. O resultado dificilmente poderia ser tão interessante e ao agrado dos seus proprietários.

3 – Prefiro as formas livres

piscina forma livre

Esta piscina de forma livre, foi instalada num local não muito grande e longe dos olhares curiosos. Para além de criar uma quebra com o tradicional formato de piscina, tem também como objetivo proteger os banhistas. Nesta construção, a piscina foi estrategicamente instalada para libertar algum espaço para que os banhistas possam desfrutar do sol, sem que as dimensões da mesma fossem comprometidas.

Na escolha das plantas teve-se ainda em conta a necessidade de preservar o plano de água, evitando a constante queda de folhas, incómodas para os banhistas e que obrigariam a uma manutenção diária. A altura das sebes e dos muros foram ainda dimensionadas para que o sol atinja durante todo o dia a água da piscina, o que, em conjunto com a ausência de ventos, ajuda os proprietários a usufruírem da água a uma temperatura agradável durante todo o dia.

4 – Só tenho espaço no terraço

Empoleirada no alto de um imóvel, a estrutura desta piscina em painéis de aço esconde-se de todos, exceto quem terá o prazer de mergulhar ali.  O seu revestimento é em liner confunde-se com o céu e as paredes em vidro separam o vento do prazer. As margens são em madeira exótica.  O conjunto é banhado pelo sol durante todo o dia e possui uma vista verdadeiramente excecional. A mais bela das intimidades é sentida aqui. A que tem lugar no meio de tudo, mas que está abrigada de todos e que, por isso, se torna acessível apenas a uns quantos privilegiados.

Uma piscina, no último andar de um imóvel, situado bem no centro urbano agitada pelo turismo que a caracteriza. Este local, situado no local mais público do mundo é, afinal, o mais protegido de todos.

Se gostou deste artigo, partilhe-o com os seus amigos!

 

Artigos que podem interessar